GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Dicas

Material escolar


Final e início de ano são épocas de muitos gastos, por isso, é fundamental ser eficiente, evitar abusos e se planejar bem para não levar grandes sustos no final da temporada.

Abaixo, reunimos algumas dicas interessantes que podem fazer da compra de material escolar um processo com menor impacto no meio ambiente e no bolso:

- Reuso: busque reaproveitar o que for possível. Veja o que existe de material escolar que não é usado em sua casa e dê uma utilidade para estes objetos. Livros escolares em bom estado também podem ser reaproveitados. Esta prática é algo muito comum em alguns países europeus como é o caso da Alemanha.

- Pesquisa de preço: a internet é uma excelente ferramenta para pesquisa de preços. Aliás, não raramente, comprar pela rede sai mais em conta pois valores relacionados à manutenção de uma loja física não são cobrados. Em 2013, um levantamento do Procon-SP, realizado em estabelecimentos na cidade de São Paulo,  constatou diferença de até 450% em um mesmo produto. Isto justifica a importância de se comparar preços.

- Compras em grupo: quando a compra é em maior quantidade é possível tentar descontos maiores. Junte-se a outros pais e experimente esse tipo de "barganha".

- Marcas: para ter direito de usar personagens em material escolar, os fabricantes pagam pelo licenciamento. Por isso, estes objetos são mais caros.

- Composição: fique atento na composição dos produtos. Existem alguns mais ou menos tóxicos.

- Fabricantes: opte por fabricantes que investem em ações/projetos ambiental e socialmente corretos.

- Quantidade: compre na medida certa. Evite exageros.

- Nota fiscal: exija e guarde notas fiscais. Elas podem ser imprescindíveis na hora da troca.

Informações importantes:

- Somente apostilas podem ser vendidas exclusivamente nas escolas. Os demais ítens não.

- Material de uso coletivo não pode ser incluído nas listas

Caso queira ler mais sobre pais e escolas que promovem soluções interessantes para reaproveitar material escolar, indicamos esta matéria do site Ecológico

Sugerimos conhecer opções sustentáveis de material escolar no site GreenVana

Fonte:
Site Educar para o consumo
 


22 de janeiro de 2014