GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Dicas

Feliz Páscoa!


Com a chegada de mais essa data festiva, é hora da dica GreenNation para uma Páscoa mais sustentável.

Assim como na maioria das comemorações, a Páscoa pode gerar alguns exageros prejudiciais para o planeta e para sua saúde. Por isso vamos às dicas:

Ovos e presentes de páscoa

Dê preferência aos ovos de páscoa orgânicos, pois são livres de agrotóxicos e mais saudáveis. ChokolahCauchocolates e Barry-callebaut -  vendem chocolates produzidos de forma natural. Mas consuma com moderação, pois costumam ser calóricos e gordurosos. 

Os brinquedos contidos dentro dos ovos também podem causar problemas. Feitos geralmente de plástico, são descartáveis e não costumam ser devidamente reciclados. Além de representarem algum perigo para crianças pequenas, pois são facilmente engolidos. Certifique-se da qualidade do produto antes de entregar ao seu filho.

Outra ideia interessante é inovar o presente de páscoa. Muitas vezes a criança não está nem ai pro chocolate e só quer o brinquedo que tem dentro. Neste caso você pode propor a ela comprar um brinquedo interessante e educativo de páscoa.

Lixo e reciclagem

Procure marcas que tenham embalagens econômicas e recicláveis. Algumas empresas brasileiras já estão utilizando material reciclado nas embalagens dos ovos de páscoa. Um exemplo é a fabricante Top Cau. Na embalagem, a empresa usa o Butil oligo polipropileno (BOPP) 100% reciclável, no suporte do ovo (copinho plástico) usa polipropileno (PP) 100% reciclável e no papel alumínio utiliza Alumínio (Al) 100% reciclável.

Você também pode reunir a família ou os amigos e produzir seus próprios ovos de páscoa. Além de garantir o bom preparo, você reduz a utilização de plástico para embalagem e economiza.

Viagem

Se possível, prefira transporte coletivo ou carro com mais de uma pessoa. Desta forma, além de economizar nas emissões de carbono você evita o estresse de estar ao volante durante um engarrafamento. 
 
Pense nas oportunidades de lazer que a sua cidade e arredores oferecem. Talvez seja uma boa curtir aquilo que está bem perto de você! E se for possível, vá a pé ou de bike.
 
Almoços de páscoa e da sexta-feira da paixão
 
Na sexta, os que não fazem jejum, querem peixes. No domingo a opção tradicional é o bacalhau. Apesar do consumo de peixes ser menos impactante do que o consumo da carne vermelha, são necessários alguns cuidados:
 
Existem espécies ameaçadas de extinção, como é o caso do Cação, Abadejo, Atum e Lagosta. Evite comprá-las. Substitua-os por uma grande variedade de outras espécies, sem alterar o sabor no seu cardápio.
 
Perceba as condições do peixe que pretende comprar. Deve estar fresco, sem soltar escamas, com a carne firme. Levando um peixe ruim para casa você pode estar colocando em risco a saúde de sua família, pois pode provocar sérias intoxicações se consumido.
 
Lembre-se de congelar o peixe quando chegar em casa, a menos que ele tenha sido comprado fresco, próximo a hora do preparo.
 
Opte por marcas e produtos que levem em conta a questão ambiental como orgânicos, empresas com selo ISO 1401 ou formalmente comprometidas com a questão ambiental/sustentabilidade e embalagens recicladas ou facilmente recicláveis.

Decoração

A decoração de páscoa é um ponto muito importante. Não vale só ter uma mesa farta, pois na hora da tirar a foto todos os pontos da foto servirão para lembrar de um momento tão legal.

Na hora de decorar as mesas, mesinhas e estantes, prefira produtos que utilizem materiais recicláveis, ou quanto feitos de madeira, que ela seja advinda de empresas que incentivem o reflorestamento. Procure os selos de qualidade e de atitude sustentável nos sites das empresas, além de procurar em outros sites se a imagem da empresa está manchada por algum erro ambiental.

Você pode ver itens decorativos bem legais pra Páscoa aqui.
 

Aprenda a fazer seu ovo de páscoa:






Se você conhece outras dicas para tornar a páscoa uma comemoração mais sustentável, colabore com o GreenNation, comente e participe desse movimento.




 


02 de abril de 2015