GreenNation

A sustentabilidade é uma atitude.

Dicas

Animais em extinção no Brasil


O Brasil é um dos países que mais se destaca pela biodiversidade no mundo, e acolhe uma grande quantidade de espécies da fauna e da flora. Porém, cerca de 627 animais brasileiros estão ameaçados de extinção devido a uma série de fatores como desmatamento, caça ilegal, poluição, etc .  

Uma dessas espécies é o mico-leão-dourado, que por causa das queimadas, expansão agropecuária e urbanização, teve seu habitat reduzido, e acabou confinando suas populações remanescentes em pequenas ilhas de florestas secundárias, em sua maioria menores do que mil hectares. O isolamento geográfico resulta no isolamento genético, tornando estas pequenas populações isoladas mais vulneráveis à extinção. Na década de 60, a  caça também contribuiu para a quase completa extinção da espécie na natureza.

De acordo com a Rede Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Silvestres (RENCTAS), a cada dez animais retirados da natureza só um sobrevive. Eles citam o exemplo da arara-azul, que existe mais em cativeiros do que na natureza. A captura da ave para fins comerciais aqui e no exterior, e a ocupação de seu habitat pela agricultura e pecuária levaram à morte grande parte da população desses pássaros.

A lista de animais ameaçados ou já em extinção está aumentando cada vez mais. Conheça algumas espécies e saiba o porque de cada uma delas estarem desaparecendo da fauna brasileira:

Mico Leão Dourado

Considerado símbolo da luta pela preservação da fauna brasileia, o mico-leão-dourado é um primata natural da região costeira da Mata Atlântica. O desmatamento e a redução  do seu habitat natural são os principais fatores de ameaça. Atualmente ele não se encontra mais na lista dos animais com maior risco de desaparecer.

Baleia Jubarte

Devido ao hábito de procriar próximo às praias, essa espécie de baleia estava ameaçada de extinção e sua pesca foi proibida. Atualmente já existe um projeto de monitoramento da população e da qualidade aquática, e por isso o número de jubartes tem aumentado bastante.

Ararinha-azul

A ararinha-azul é um bom exemplo de animal em extinção. Em decorrência de corte indiscriminado de árvores da caatinga, e do tráfico ilegal, a população se reduziu até restar um único indivíduo que desapareceu em 2000/2001.

Cervo-do-pantanal

Ameaçado pela pecuária, que frequentemente toma seu habitat natural para transformá-lo em pasto, sofre até hoje com doenças transmitidas pelo gado. Além disso, esses animais perdem espaço para as represas por viverem em margens de rios.

Onça-pintada

Conhecida por ser o maior felino das Américas,  a onça-pintada é um importante predador, desempenhando um papel na estabilização dos ecossistemas e na regulação das populações de espécies de presas.  Em 1992, já se alertava para o desmatamento de seu território, que ameaçava, e continua a ameaçar, a sobrevivência da espécie.

Peixe-boi

Todas as espécies encontram-se ameaçadas de extinção e estão protegidas por leis ambientais em diversas partes do mundo. No Brasil, o peixe-boi é protegido por lei desde 1967 e sua caça e comercialização de produtos pode levar o infrator a até dois anos de prisão. São animais de hábitos solitários, raramente vistos em grupo fora da época de acasalamento.

Tartaruga-de-pente

Devido às práticas de pesca humana, as populações dessa espécie  estão ameaçadas de extinção e a tartaruga é classificada como criticamente ameaçada pela União Internacional para a Conservação da Natureza. Vários países, como a China e o Japão utilizam a carne da tartaruga-de-pente na alimentação. Os cascos das tartarugas-de-pente são usados para fins decorativos. De acordo com a Convenção Sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Extinção, é ilegal a captura e o comércio de tartarugas-de-pente e produtos delas derivados, em muitas nações.

Jacaré-de-papo-amarelo

Há 20 anos este réptil estava em risco de extinção por causa de seu couro, usado para fabricar calçados e bolsas. Graças ao manejo da população e à regulamentação da caça, o jacaré-de-papo-amarelo hoje pode ser visto em praticamente todo o país.

Lobo Guará

O lobo guará é um animal que pode ser encontrado na América Latina, principalmente no Brasil, Paraguai, na Bolívia e na Argentina. Vem sendo extinto principalmente por causa de doenças transmitidas por cães domésticos, atropelamentos e derrubada das de matas. É um animal de hábitos tranquilos, mas pode atacar para se defender quando se sente ameaçado.

Beija-flor

Considerado um dos menores pássaros que existe, junto com o colibri, o Beija-flor pesa apenas nove gramas, mas é um dos animais com maior risco de extinção que existem no Brasil. Além de seu habitat ser cada vez mais destruído, o beija-flor é muito caçado, tanto por animais silvestres quanto pelo ser humano.

 

 

 


22 de abril de 2015